Sexta-feira, 28 de Setembro de 2007

Raças - Curl Americano

Curl Americano

Origem: EUA

Classificação: Pêlo Curto / Pêlo Longo

Peso: 3 - 5Kg

Tamanho: Médio

 

História
Tudo começou quando uma fêmea chegou à casa de Joe e Grace Ruga, na Califórnia, em Junho de 1981. Era um animal preto, de pêlo longo e orelhas curvadas. O facto intrigou Joe e Grace, que só perceberam estar perante uma nova raça quando a gata teve a sua primeira cria.

Em Dezembro do mesmo ano, a gata, que recebeu o nome de Shulamith, teve quatro filhotes, sendo dois deles com a orelhas curvadas. Depois do caso ser estudado por especialistas em genética, descobriu-se que o fenómeno era um traço genético determinado por um gene dominante e totalmente inédito, isto é, não havia, até aquele momento nenhuma raça com aquelas características. Depois dos estudos feitos com as crias obtidas, descobriu-se que quando cruzamos animais com as orelhas onduladas e animais normais, temos 50% de chances de obtermos crias normais, enquanto que no cruzamento de ambos os animais com orelhas curvadas, temos 100% de animais com o fenómeno.

As crias do Curl Americano nascem sempre com as orelhas normais, mas após cerca de quatro a dez dias, as orelhas começam a curvar-se, sendo que o seu grau de ondulação vai variar até aos quatro meses, altura em que a orelha toma forma definitiva.
O Curl Americano foi aceite oficialmente na CFA (Cat´s Fanciers Association) em 1986 e para competições oficiais apenas em 1993. Foi a primeira raça com dois comprimentos de pêlo diferentes a ser admitida nas categorias de competição. Apesar de ser uma raça americana, actualmente já existem exemplares do Curl Americano em todo o mundo.
Temperamento
É um animal que tem a curiosidade como característica dominante, o que se reflecte na constante companhia aos seus donos durante afazeres domésticos, por exemplo. São gatos que se adaptam facilmente a qualquer ambiente, ou a mudança deste, tendo boa convivência com outros animais. A sua elegância, beleza e as charmosas orelhas curvadas chamam a atenção de qualquer pessoa mais distraída à sua presença. Uma história contada por aficcionados da raça, diz que a diferença entre um Scottish Fold e um Curl Americano, é que enquanto os primeiros ficariam sentados no sofá enquanto seus donos preparam o jantar, os segundos ajudam-no a fazê-lo!

O Curl Americano não só se adapta facilmente a todas as circunstâncias, como também muda a vida de muita gente. Um exemplo disto é a história de Christopher, uma criança autista de 10 anos, que não reagia a nada, apenas a fotografias de gatos. Desta forma, a mãe da criança resolveu levá-lo a uma exposição de gatos para ajudar na sua terapia.

Quando chegou à exposição, Christopher puxou uma cadeira para junto de um dos gatos, colocou a mão junto da grade onde estava o animal e sorriu, coisa que não fazia há cerca de um ano. A mãe de Christopher resolveu levar um filhote para casa e a partir daí, a relação entre a criança e o gato tornou-se única. Essa história ilustra bem a característica amiga e afectuosa dos Curl.

São gatos que nunca perdem a sua juventude, mesmo com uma idade avançada, sendo comum animais de 8 anos brincarem com outros de 8 meses como se tivessem a mesma idade.
Descrição
Os animais apresentam um tamanho médio, um corpo musculoso e flexível, e estrutura óssea leve; com patas espessas e arredondadas, sendo que as posteriores são ligeiramente mais compridas que as anteriores; nariz direito, com focinho mais comprido do que largo; olhos relativamente grandes em forma de noz e ligeiramente oblíquos, com uma expressão aberta ajudada pelas orelhas firmes, com base larga e onduladas no mínimo 90º e no máximo 180º, desde que as pontas apontem para o centro da base do crânio.

Os graus de curvatura das orelhas podem variar da seguinte forma: 1º grau, ou quase direitas, 2º grau, ou levemente onduladas, ou 3º grau, que são as que apresentam os graciosos 90º de curvatura. A proporção das orelhas deve estar equilibradas com o tamanho da cabeça. Tanto nos animais de pêlo curto, como nos de pêlo longo, o cuidado é fácil, para isto bastando uma penteadela para a retirada dos pêlos mortos, tendo sempre cuidado com o manuseamento da orelha, para evitar partir a frágil cartilagem que a sustenta.

Para se ter uma ideia da importância da orelha na pontuação em uma competição, dos 100 pontos possíveis na avaliação de um gato, 30 são unicamente dados pela qualidade da sua orelha.
Tipo de Pêlo
Tanto nos animais de pêlo curto, como nos de pêlo longo, o manto é leve e sedoso, com a diferença que nos animais de pêlo longo, a cauda é bastante larga na base, afunilando em forma de pluma no comprimento.
Variantes
Preto, Preto e Branco, Tabby Tigrado Castanho e Branco, Tabby Clássico Tartaruga Castanho, Point Tabby Seal
Fonte: Arca de Noé
publicado por Isabelita às 17:45
link do post | comentar | favorito
|

Sobre mim

Pesquisar

Setembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30

Arquivos Recentes

Raças de Gatos

Raças - Tonquinês

Raças - Scottish Fold

Raças - Somali

Raças - Siamês

Raças - Sagrado da Birmân...

Raças - Ragdoll

Raças - Preto Inglês De P...

Raças - Persa

Raças - Pêlo Curto Brasil...

Arquivos

Setembro 2007

tags

todas as tags

Que horas são?

online


Visitas

blogs SAPO